Busca
Faça uma busca por todo
o conteúdo do site:
   
Home
Acesso à informação
Atendimento Presencial
Atualização Cadastral
Áreas de Atuação Profissional
Biblioteca
Bolsa de Empregos
Cadastro de Cursos
Certidões
Comissões Técnicas
Competências e Estrutura Organizacional
Concursos Públicos (CRQ-IV)
Consulta de Registros
Cursos e Palestras
Dia do Profissional da Química
Downloads
E-Prevenção
Eventos
Espaços para Eventos
Fale Conosco
Fiscalização
Informativos
Juramento
Jurisprudência
Legislação
Licitações
Linha do Tempo
Links
Localização
Logística reversa - Convênio
Noticiário
Ouvidoria
PDQ
Peritos Químicos
Planos de Saúde
Prêmios
Prestação de Contas
Publicações
QuímicaViva
Selo de Qualidade
Simplifique
Sorteios
Termos de privacidade
Transparência Pública
 

Jul/Ago 2002 

 


Matéria Anterior   Próxima Matéria

Conselho apóia Olimpíada de Química


"Polímeros em Automóveis: Presente e Futuro" - este é o tema proposto aos mais de 2 milhões de alunos do ensino médio (cursos técnicos e antigo colegial) do Estado de São Paulo, que quiserem participar da Olimpíada de Química SP-2003. Eles deverão fazer uma redação de quatro páginas.

Caberá aos professores de química das escolas selecionar e inscrever na disputa os quatro melhores textos. A seguir, uma comissão julgadora constituída de três dezenas de doutores em química escolherá as 100 melhores redações no final do ano.

Os classificados farão a prova da fase final em 7 de junho de 2003, no Instituto de Química da USP, juntamente com os 40 "treineiros" que tirarem melhores notas em química no vestibular da FUVEST. "Treineiros" são estudantes que ainda não concluíram o nível médio, mas inscrevem-se no vestibular da FUVEST para adquirir experiência.

Os 40 melhores classificados na fase final receberão medalhas e passarão a representar o Estado de São Paulo na Olimpíada Brasileira de Química (OBQ), via de acesso à Olimpíada Ibero-americana (OIAQ), e à Olimpíada Internacional de Química (IChO), da qual participam estudantes de mais de 50 países.

O coordenador estadual do evento paulista, Ivano G. R. Gutz, professor do Instituto de Química da USP, explica que os principais objetivos da Olimpíada de Química SP são:

a) envolver os estudantes de ensino médio numa atividade estimulante, que os leve a refletir sobre a importância da química no contexto atual e futuro;
b) revelar jovens talentos com vocação para a química e premiá-los;
c) selecionar a delegação paulista para a prova da OBQ com vistas a OIAQ e a IChO.

Para realizar anualmente este evento de grande porte e relevância - divulgado nas 2.300 maiores escolas públicas e privadas do estado, a regional paulista da Associação Brasileira de Química conta com o apoio de vários patrocinadores, como o CRQ 4ª Região, a Abiclor, a Ipiranga Química, a Oxiteno, a Universidade Anhembi-Morumbi, o Instituto de Quimica-USP e a FUVEST.

Para obter mais informações e a ficha de inscrição da Olimpíada de Química SP-2003 acesse o endereço http://allchemy.iq.usp.br ou escreva para abqsp@iq.usp.br.




Relação de Matérias                                                                 Edições Anteriores

 

Compartilhe:
Copyright CRQ4 - Conselho Regional de Química 4ª Região