Busca
Faça uma busca por todo
o conteúdo do site:
   
Home
Acesso à informação
Atendimento Presencial
Atualização Cadastral
Áreas de Atuação Profissional
Biblioteca
Bolsa de Empregos
Cadastro de Cursos
Certidões
Comissões Técnicas
Competências e Estrutura Organizacional
Concursos Públicos (CRQ-IV)
Consulta de Registros
Cursos e Palestras
Dia do Profissional da Química
Downloads
E-Prevenção
Eventos
Espaços para Eventos
Fale Conosco
Fiscalização
Informativos
Juramento
Jurisprudência
Legislação
Licitações
Linha do Tempo
Links
Localização
Logística reversa - Convênio
Noticiário
Ouvidoria
PDQ
Peritos Químicos
Planos de Saúde
Prêmios
Prestação de Contas
Publicações
QuímicaViva
Selo de Qualidade
Simplifique
Sorteios
Termos de privacidade
Transparência Pública
 

Jul/Ago 2002 

 


Matéria Anterior   Próxima Matéria

Profissionais protestam contra a Petrobrás


O CRQ-IV recebeu dezenas de mensagens enviadas por profissionais aprovados em concursos e que até o momento não foram chamados para assumir seus postos na Petrobras. Eles acusam a estatal de promover uma indústria de concursos e até de agir irresponsavelmente, à medida que, ao invés de convocar profissionais habilitados, insiste em manter em postos privativos trabalhadores terceirizados o que, no entendimento dos reclamantes, vem contribuindo para a seqüência de acidentes ambientais noticiados pela imprensa. Os remetentes pediam apoio do Conselho no sentido de divulgar a luta que estão travando para ter seus direitos respeitados.

Registrado no CRQ-IV, o engenheiro químico Luiz Roberto dos Santos Alves é um dos prejudicados. Ele disse ter sido aprovado para trabalhar como Engenheiro de Processamento Jrº no concurso público realizado no final de 2001. Não foi chamado porque a Petrobras alega que as contratações foram suspensas por uma liminar judicial que envolve o plano de previdência complementar da empresa.

Alves acrescentou que há diversos engenheiros e outros profissionais da química, que são imprescindíveis nas atividades de uma empresa petroleira, na mesma situação. Ele informa que já existe uma comissão de concursados tomando algumas atitudes para pressionar a Petrobras. Os interessados em participar e/ou obter mais informações sobre esse trabalho podem manter contato pelo e-mail: luiz_roberto_alves@ hotmail.com.O engenheiro informou ainda que no endereço: http://concursos.correioweb.com.br/forum/forumdisplay.htm?fid=18  é possível ter acesso a mais detalhes sobre a questão.




Relação de Matérias                                                                 Edições Anteriores

 

Compartilhe:
Copyright CRQ4 - Conselho Regional de Química 4ª Região