Busca
Faça uma busca por todo
o conteúdo do site:
   
Home
Acesso à informação
Agendamento
Atualização Cadastral
Áreas de Atuação Profissional
Biblioteca
Bolsa de Empregos
Cadastro de Cursos
Certidões
Comissões Técnicas
Competências e Estrutura Organizacional
Concursos Públicos (CRQ-IV)
Consulta de Registros
Cursos e Palestras
Dia do Profissional da Química
Downloads
E-Prevenção
Eventos
Espaços para Eventos
Fale Conosco
Fiscalização
Informativos
Juramento
Jurisprudência
Legislação
Licitações
Linha do Tempo
Links
Localização
Logística reversa - Convênio
Noticiário
Ouvidoria
PDQ
Peritos Químicos
Planos de Saúde
Prêmios
Prestação de Contas
Publicações
QuímicaViva
Selo de Qualidade
Simplifique
Sorteios
Termos de privacidade
Transparência Pública
 
Notícia - Conselho Regional de Química - IV Região

Notícia 

 


Químico Oswaldo Luiz Alves recebe título de Professor Honoris Causa da UFC


 

Ribamar Neto/UFC
  Alves (à dir.) recebeu o título do reitor da UFC, Henry Campos

Ganhador do Prêmio Fritz Feigl, concedido pelo CRQ-IV em 2005, o Químico Oswaldo Luiz Alves foi agraciado no último dia 13 de agosto com o título de Professor Honoris Causa pela Universidade Federal do Ceará (UFC).

Professor titular do Instituto de Química da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e vice-presidente da Academia Brasileira de Ciências, Alves mantém colaboração de pesquisa com a UFC desde os anos 1980. Apesar de entender que o País passa por dificuldades, ressaltou que a importância do trabalho científico vem sendo constatada pela sociedade.

"Vivemos uma quadra altamente crítica em nosso País, na qual afloram diariamente problemas políticos, econômicos, éticos, de nepotismo, de intolerância racial e de gênero. As mudanças climáticas, a negação das vacinas e, agora, a negação do desmatamento da Amazônia estão bem no centro dessas posturas de obscurantismo. A despeito de bravatas e desassossegos, a sociedade brasileira vem compreendendo cada vez mais a importância vital da ciência, da tecnologia, das humanidades e da educação", avaliou.

Com o intuito de ilustrar sua fala, o novo professor honoris causa da UFC citou ainda uma frase do escritor português Fernando Pessoa (1888-1935): "Contribuo para engrandecer o Universo, porque quem, vivendo, deixa um verso, deixou mais ricos o céu e a terra, e mais emotivamente misteriosa a razão de haver estrelas e de haver gente".

Para o reitor da UFC, Henry Campos, o momento era de satisfação por acolher um dos personagens mais ilustres do mundo científico nacional no rol de professores honoris causa. Ele valorizou a experiência de Alves nas áreas de nanociências e na espectroscopia Raman por ter gerado 50 artigos científicos produzidos em parceria com pesquisadores da universidade e publicados em revistas internacionais de prestígio.

CURRÍCULO – Oswaldo Luiz Alves é professor do Departamento de Química Inorgânica do Instituto de Química da Unicamp, tendo sido fundador e coordenador científico do Laboratório de Química do Estado Sólido da mesma universidade. É doutor em Ciências (1977) também pela Unicamp, trabalhando com aplicação da espectroscopia vibracional em complexos moleculares. De 1979 a 1981, realizou estágio pós-doutoral no Laboratoire de Spectrochimie Infrarouge et Raman (LASIR) do Centre National de la Recherche Scientifique (CNRS) e da Universidade de Lille
(França).


Sua trajetória é marcada pela elaboração de políticas científicas em diferentes setores. Foi membro do Conselho do Programa de Apoio à Aquisição de Periódicos (PAAP); participou do Portal de Periódicos da Capes (2006-2010); foi consultor da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) para a Área de Nanotecnologia (2007-2015); é membro do Comitê Consultivo para a Área de Nanotecnologia do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) desde 2011 e foi membro do Conselho Científico do Instituto Serrapilheira (2017).

Além do Prêmio Fritz Feigl, Alves recebeu diversos outros prêmios e honrarias, nacionais e internacionais, como a Ordem Nacional do Mérito Científico do Governo Brasileiro (Comendador e Grã-Cruz); a Medalha Simão Mathias da Sociedade Brasileira de Química (SBQ); os títulos de pesquisador associado da Academia Mundial de Ciências (TWAS, na Itália), em 2014, e Fellow da Royal Society of Chemistry (Inglaterra), em 2017, entre outros.


Com informações da Coordenadoria de Comunicação Social e Marketing Institucional da UFC


Publicado em 22/08/2019


Voltar para a relação de notícias

Compartilhe:
Copyright CRQ4 - Conselho Regional de Química 4ª Região