Busca
Faça uma busca por todo
o conteúdo do site:
   
Home
Atualização Cadastral
Áreas de Atuação Profissional
Biblioteca
Bolsa de Empregos
Cadastro de cursos
Certidões
Comissões Técnicas
Concursos Públicos (CRQ-IV)
Consulta de Registros
Cursos e Palestras
Dia do Profissional da Química
Downloads
Eventos
Espaços para Eventos
Fale Conosco
Fiscalização
Formulários
Game
Informativos
Juramento
Jurisprudência
Legislação
Licitações
Linha do Tempo
Links
Localização
Noticiário
Perfil
Peritos Químicos
Planos de Saúde
Prêmios
Publicações
QuímicaViva
Regimento Interno
Selo de Qualidade
Sorteios
Transparência Pública
Siga-nos no Twitter   Conheça nosso Facebook   Nosso canal YouTube   Siga-nos no Instagram
 
Notícia - Conselho Regional de Química - IV Região

Notícia 

 


Conselho promove sétima edição do Fórum de Recursos Hídricos



Cerca de 70 profissionais assistiram a palestras sobre tratamento de água e gestão ambiental



Com foco na divulgação de novas tecnologias para o tratamento, garantia da qualidade e preservação da água, a sétima edição do Fórum de Recursos Hídricos foi promovida nesta terça-feira (4) pela Comissão Técnica de Meio Ambiente (CTMA) da entidade. O evento teve o apoio do Sindicato dos Químicos, Químicos Industriais e Engenheiros Químicos do Estado de São Paulo (Sinquisp) e da seção paulista da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (ABES-SP), por meio de sua Câmara Técnica de Meio Ambiente e Mudanças Climáticas.

Procuradora Sandra Kishi apresentou projeto Conexão Água, do MPF
Na abertura, a Engenheira Química Andrea Mariano, coordenadora das Comissões Técnicas do Conselho, falou sobre a mudança de data do Fórum, que vinha sendo realizado anualmente em março (em referência do Dia Mundial da Água - 22/03). O evento foi transferido para o mês de junho a fim de se tornar alusivo ao Dia Mundial do Meio Ambiente (05/06). Ao destacar as atividades da CTMA, anunciou que o livreto Aspectos Jurídicos e Técnicos da Política Nacional de Resíduos Sólidos, lançado em 2015, encontra-se em processo de revisão, sendo que a versão atualizada está prevista para setembro deste ano.

A primeira palestra do Fórum foi ministrada por José Antonio Monteiro Ferreira, membro da Comissão de Meio Ambiente. Engenheiro Químico, consultor e perito judicial, ele apresentou diversos casos nos quais os recursos hídricos foram impactados por diferentes tipos de poluição. Ferreira apontou como medidas fundamentais o tratamento de efluentes sanitários e industriais, o uso de tanques de contenção para evitar que resíduos agrícolas cheguem aos corpos d'água, além de ações para uma disposição adequada de lixo, evitando a poluição difusa.

Em seguida, a advogada Suely de Camargo, que também integra a CTMA, abordou a legislação ambiental em vigor, além de aspectos relativos ao atendimento às normas de órgãos de controle.

Pedro Ricardo Paulino, da Wateair, falou sobre produção de água potável
Ainda no período da manhã, a ética e a responsabilidade sobre a gestão da água foram objetos da palestra da procuradora regional da República Sandra Akemi Shimada Kishi, que atua no Ministério Público Federal, onde integra a comissão consultiva do projeto Conexão Água, voltado para a articulação entre o MPF e os setores público e privado visando a execução de medidas que garantam a qualidade e a preservação dos recursos hídricos.

O bloco foi encerrado com uma rodada de perguntas do público direcionadas aos palestrantes.

O ciclo do período da tarde foi iniciado pelo Engenheiro Uladyr Ormindo Nayme, da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), que destacou as formas de atuação do órgão no monitoramento dos corpos d'água e também a importância de se implementar um sistema de gestão ambiental na atualidade. 

Segundo Uladyr, entre outros benefícios, tal sistema viabiliza uma antecipação de providências necessárias para a adequação às normas vigentes e confere credibilidade aos empreendimentos que o adotam.

Inovações tecnológicas aplicadas à produção de água potável estiveram em pauta na apresentação do Engenheiro Pedro Ricardo Paulino, da Wateair. A empresa desenvolve equipamentos que condensam o vapor de água existente no ambiente, permitindo a filtragem, desinfecção e adição de sais minerais na água para que esta se torne leve, pura e absorvível pelo organismo humano.
  
Concluindo a programação, o professor José Carlos Mierzwa, da USP, falou sobre perspectivas na gestão de recursos hídricos, analisando os principais desafios a serem enfrentados, entre os quais se destacam a escassez de água (em um panorama com demanda excessiva e poluição de mananciais) e a complexidade dos sistemas de tratamento, tanto da água para abastecimento quanto dos efluentes.

O encerramento foi realizado com uma segunda rodada de perguntas, direcionadas aos palestrantes da tarde.

Rodrigues assinalou a importância de se integrar a Química aos temas ambientais
PRESERVAÇÃO - Participando pela primeira vez do Fórum de Recursos Hídricos, o Engenheiro Químico Alan Dias Rodrigues apreciou os conteúdos apresentados durante o evento. "Foi uma grande oportunidade para ter diferentes visões de profissionais que atuam na área, tanto em Pesquisa & Desenvolvimento na universidade e no mercado, quanto em órgão fiscalizador", assinalou.

Rodrigues, que atua como Responsável Técnico em uma estação de tratamento mantida pelo Serviço Autônomo de Água e Esgotos de Aparecida, no interior paulista, avaliou que tanto as palestras quanto os debates realizados estimularam o pensamento crítico sobre a gestão hídrica, no sentido de contribuir com a preservação de mananciais e outros recursos. "O fato de o Fórum, pela primeira vez, ter sido promovido na Semana do Meio Ambiente foi importante para integrar a Química às questões ambientais", salientou o Engenheiro. 

Obtenha cópias das apresentações que tiveram a liberação autorizada na seção Downloads.

Confira a galeria de fotos na página do CRQ-IV no Facebook.


Publicado em 06/06/2019


Voltar para a relação de notícias


Copyright CRQ4 - Conselho Regional de Química 4ª Região