Busca
Faça uma busca por todo
o conteúdo do site:
   
Home
Acesso à informação
Atendimento Presencial
Atualização Cadastral
Áreas de Atuação Profissional
Biblioteca
Bolsa de Empregos
Cadastro de Cursos
Certidões
Comissões Técnicas
Competências e Estrutura Organizacional
Concursos Públicos (CRQ-IV)
Consulta de Registros
Cursos e Palestras
Dia do Profissional da Química
Downloads
E-Prevenção
Eventos
Espaços para Eventos
Fale Conosco
Fiscalização
Informativos
Juramento
Jurisprudência
Legislação
Licitações
Linha do Tempo
Links
Localização
Logística reversa - Convênio
Noticiário
Ouvidoria
PDQ
Peritos Químicos
Planos de Saúde
Prêmios
Prestação de Contas
Publicações
QuímicaViva
Selo de Qualidade
Simplifique
Sorteios
Termos de privacidade
Transparência Pública
 
Meio ambiente - Conselho Regional de Química - IV Região

Meio ambiente 

 


Até pouco tempo, não havia preocupação com o desperdício de matérias-primas, água e energia. Isso gerava prejuízos para as próprias indústrias e para o meio ambiente, provocando o que vemos hoje: um quadro dramático de geração de resíduos.

Hoje, as empresas são obrigada pela legislação e pressionadas pelos padrões internacionais de gestão ambiental a adotar políticas de “uso racional” de matérias-primas, água e energia. Para tanto, estão incorporando programas de gerenciamento integrado, que nada mais são do que conjuntos de ações para reduzir a geração dos resíduos e dar destino correto àqueles que não se consegue eliminar do processo produtivo.

Existem muitas ferramentas disponíveis para o gerenciamento de resíduos, sendo que a ordem de prioridades de medidas a serem adotadas para que se obtenham resultados é a seguinte:

  • Prevenção da poluição;

  • Reutilização;

  • Reciclagem;

  • Recuperação de energia;

  • Controle de poluição;

  • Disposição: descarte em aterros, incineração, etc;

  • Remediação: reparação de danos causados ao meio ambiente.

A poluição do ar atmosférico e também do solo, causada pelos produtos químicos usados na agricultura, pelos resíduos industriais e domésticos faz com que a degradação do meio ambiente seja visível e que os efeitos sejam sentidos por todos os seres vivos.

Podemos dividir o meio ambiente em três áreas: água, ar e solo. Em todos eles, os profissionais da química são os responsáveis pelo gerenciamento e controle ambiental, executando os tratamentos de água, ar, efluentes líquidos e resíduos sólidos. Também cabe a eles a caracterização físico-química e a destinação dos poluentes, através de análises laboratoriais, o desenvolvimento de projetos destinados a reduzir a emissão de agentes químicos agressivos ao meio ambiente, bem como para a evolução dos métodos de remediação e biorremediação ambiental.


 

 

Compartilhe:
Copyright CRQ4 - Conselho Regional de Química 4ª Região