Busca
Faça uma busca por todo
o conteúdo do site:
   
Home
Atualização Cadastral
Áreas de Atuação Profissional
Biblioteca
Bolsa de Empregos
Certidões
Comissões Técnicas
Concursos Públicos (CRQ-IV)
Consulta de Registros
Cursos e Palestras
Dia do Profissional da Química
Downloads
Eventos
Espaços para Eventos
Fale Conosco
Fiscalização
Formulários
Game
Informativos
Juramento
Jurisprudência
Legislação
Licitações
Linha do Tempo
Links
Localização
Noticiário
Perfil
Planos de Saúde
Prêmios
Publicações
QuímicaViva
Regimento Interno
Selo de Qualidade
Sorteios
Transparência Pública
Siga-nos no Twitter   Conheça nosso Facebook   Nosso canal YouTube   Siga-nos no Instagram
 



Matéria Anterior   Próxima Matéria

Conselho promoveu workshop para discutir ensino da Química


Evento ocorreu em Rio Claro e reuniu representantes e coordenadores de cursos

 

O CRQ-IV promoveu, no dia 22 de outubro, o workshop “Os Desafios no ensino da química”. Realizado nas instalações do Colégio Alem, de Rio Claro, o evento foi organizado pela Comissão de Divulgação do CRQ-IV e reuniu cerca de 50 representantes e coordena-dores de cursos de nível médio e superior em química do estado de São Paulo, além de professores e estudantes da área. Votuporanga, Paulínia, Lorena, Sorocaba, Araras, São Bernardo do Campo, Santos, Luiz Antonio e Piracicaba foram algumas das cidades representadas no encontro, que teve por objetivo mostrar as ações do Conselho na área educacional, relatar os projetos da entidade para o Ano Internacional da Química (AIQ - programado para 2011), preparar divulgadores da ciência para o AIQ, bem como prover os educadores de ferra-mentas auxiliares da qualidade para a formação dos futuros profissionais da química.


Ao fazer a abertura, o presidente do CRQ-IV, Manlio de Augustinis, falou da importância de divulgar a atividade química e com isso despertar o interesse dos jovens pela ciência. “O CRQ está fortemente empenhado em atuar no Ano Internacional da Química. Convido a todos a colaborarem conosco nesta iniciativa”, afirmou.


Em seguida, Wagner Contrera Lopes, gerente de Fiscalização do CRQ-IV e diretor de divulgação e cultura do Sindicato dos Químicos, Químicos Industriais e Engenheiros Químicos de São Paulo (Sinquisp) explicou as ações que o CRQ-IV tem programadas para o AIQ. Entre elas está a realização de 1.500 palestras para alunos dos níveis fundamental e médio de todo o Estado. Esse trabalho será realizado pelo corpo técnico do CRQ-IV, do Sinquisp e por professores que desejarem se engajar.


A seguir falou o professor Antonio Carlos Massabni, conselheiro do CRQ-IV, membro da Comissão de Divulgação da entidade e professor da Unesp de Araraquara. Citando sua experiência pessoal, Massabni afirmou que os professores podem influenciar na escolha profissional de seus alunos, daí a importância de atuarem com divulgadores da ciência. Ele também salientou a necessidade de as instituições de ensino modernizarem seus currículos, aproximando-os da realidade do mercado de trabalho. Massabni encerrou sua participação apresentando o trabalho que a Comissão de Divulgação tem feito na seção Química Viva do site do CRQ-IV, que tem os estudantes e o público leigo como foco. A proposta da seção é abordar a química existente no cotidiano por meio de textos de fácil compreensão. Massabni pediu aos presentes que divulgassem esse trabalho, enviando de artigos.


Quem também insistiu na importância de os professores reforçarem continuamente o papel da química foi a professora Marta Elisa Bérgamo, do Centro de Educação Profissional de Indaiatuba e integrante da Comissão de Ensino Técnico do CRQ-IV. É sempre necessário lembrar a forte dependência que os processos produtivos têm da química, o que ajuda a destacar a relevância dessa área no cotidiano das pessoas, destacou.


Mercado
- O professor Nelson Morgon, da Universidade Estadual de Cam­ pinas (Unicamp), falou a seguir sobre o mercado de trabalho. Ele mostrou dados sobre a distribuição geográfica das indústrias  químicas e afirmou que para o Brasil deixar de ser apenas um país exportador de matérias-primas é preciso investir na educação, o que inclui valorizar o professor. Morgon deu detalhes do programa “Química em Ação”, promovido pelo Instituto de Química da Unicamp, destinado a divulgar a química entre estudantes do ensino médio por meio de visitas destes à universidade. O programa inclui, também, palestras em escolas mostrando as várias áreas de atuação dos profissionais da química.


O worskshop foi encerrado com uma palestra do professor Márcio Alves de Mello, da Escola Técnica Conselheiro Antonio Prado, de Campinas, sobre as ferramentas auxiliares na abordagem dos conteúdos. Ele destacou que a tecnologia pode ser uma ferramenta em sala de aula, mas ressaltou que ela não deve ser um fim em si mesma. Mello discorreu sobre o uso da Internet, passando informações sobre como trabalhar com os alunos na hora de fazer uma pesquisa, explicando as diferenças entre os vários buscadores de conteúdo.

 

Clique aqui para ler depoimentos de alguns participantes do evento.





Relação de Matérias                                                                 Edições Anteriores

 

Copyright CRQ4 - Conselho Regional de Química 4ª Região