Busca
Faça uma busca por todo
o conteúdo do site:
   
Home
Atualização Cadastral
Áreas de Atuação Profissional
Biblioteca
Bolsa de Empregos
Cadastro de Cursos
Certidões
Comissões Técnicas
Concursos Públicos (CRQ-IV)
Consulta de Registros
Cursos e Palestras
Dia do Profissional da Química
Downloads
Eventos
Espaços para Eventos
Fale Conosco
Fiscalização
Formulários
Game
Informativos
Juramento
Jurisprudência
Legislação
Licitações
Linha do Tempo
Links
Localização
Noticiário
PDQ
Perfil
Peritos Químicos
Planos de Saúde
Prêmios
Publicações
QuímicaViva
Regimento Interno
Selo de Qualidade
Sorteios
Transparência Pública
Siga-nos no Twitter   Conheça nosso Facebook   Nosso canal YouTube   Siga-nos no Instagram
 

Mai/Jun 2015 

 


Matéria Anterior   Próxima Matéria

Conheça os vencedores do Prêmio CRQ-IV


A edição 2015 do Prêmio CRQ-IV teve os vencedores definidos pelo Plenário do Conselho no dia 19 de maio. Foram contemplados trabalhos inscritos nas modalidades Química de Nível Médio, Química de Nível Superior e Engenharia da Área da Química. Confira abaixo os ganhadores e um pequeno resumo de suas pesquisas.

Os trabalhos inscritos na modalidade Química de Nível Superior com Tecnologia foram desclassificados por não terem apresentado conteúdo tecnológico.

A premiação ocorrerá dia 20 de junho, na sede do CRQ-IV, durante a cerimônia que comemorará o Dia do Profissional da Química. Na oportunidade, os estudantes receberão R$ 10 mil e certificados. Seus orientadores também receberão certificados e a importância de R$ 4,6 mil.

Borzani - Em razão de não ter alcançado número mínimo de inscrições, conforme previa o regulamento, o Conselho não fará este ano a outorga do Prêmio Walter Borzani.


Química de Nível Médio


Lindomar Cailton

Autor:

Alexandre dos Santos Migliorini

Orientadora:

Joana D'Arc Félix de Sousa

Título do Trabalho:

Fertilizantes organominerais sustentáveis a partir de resíduos sólidos do setor coureiro-calçadista da cidade de Franca/SP

Instituição:

Etec Prof. Carmelino Corrêa Júnior, de Franca

O objetivo do trabalho foi aplicar os princípios da Química Verde para reduzir os impactos ambientais a partir da transformação de resíduos sólidos (como lodo de cromo, serragens de wetblue, retalhos de couros etc.) em fertilizantes organominerais para a agricultura, especialmente para as culturas de alface, café e milho.

Entre os benefícios decorrentes da possível aplicação da proposta estão a diminuição de passivos ambientais, obtenção de novas fontes nitrogenadas para a fertilização do solo e aumento das margens de lucro das empresas por conta da redução dos custos com transporte e deposição de resíduos gerados nos processos.

Assista ao vídeo onde o aluno e sua orientadora dão detalhes sobre o trabalho.

 



Química de Nível Superior


Alex Silva

Autora:

Thalita Rehder Pellegrina Soares

Orientador:

Classius Ferreira da Silva

Título do Trabalho:

Desenvolvimento de embalagens ativas à base de papel Kraft revestido com filmes de quitosana contendo zeólitas e seus efeitos no tempo de maturação de frutos

Instituição:

Universidade Federal de São Paulo, Campus de Diadema

A aplicação de um revestimento a base de polímero natural (quitosana, proveniente do descarte da indústria pesqueira) contendo zeólitas (adsorventes dotados de microporos) na superfície de folhas de papel Kraft teve como meta o desenvolvimento de um novo material que possa ser utilizado na fabricação de embalagens de alimentos, como o tomate-cereja (fruto climatérico).

O papel Kraft serve como matéria-prima na fabricação de papelão ondulado, presente nas embalagens utilizadas em diversos segmentos (alimentício, farmacêutico etc.). Entre as vantagens da aplicação desses filmes como revestimento de papel Kraft, denominado “sistema papel-filme”, estão a biodegradabilidade e a reciclagem, o que reduz o volume de lixo urbano e o desperdício de materiais.

Assista ao vídeo onde a autora dá detalhes sobre o trabalho.

 

 

Engenharia da Área da Química


EEL/USP

Autor:

Alessandro Costa Pinto

Orientador:

Ângelo Capri Neto

Título do Trabalho:

Destilação por fluxo reverso: uma solução prática e elegante para economizar água potável

Instituição:

Escola de Engenharia de Lorena – Universidade de São Paulo

Em razão do elevado consumo de água em laboratórios químicos, notadamente na utilização do destilador para o fornecimento de água utilizada no preparo de soluções e limpeza de materiais, a proposta da pesquisa foi a de encontrar uma alternativa de economia. Um dado apontado pelo trabalho que demonstra essa necessidade é que, tipicamente, o processo para produzir um litro de água destilada implica descarte de até 33 litros de água potável.

A utilização da central de destilação proposta no trabalho teria as seguintes vantagens: redução expressiva do desperdício de água utilizada para refrigeração; maior eficiência energética na produção de água desmineralizada; combate ao desperdício de água quando não há recursos suficientes para substituir o destilador por osmose reversa; e a possibilidade de o projeto ser adaptado e dimensionado para aplicação em sistemas de destilação existentes.

Explorando o conceito de “cidadania profissional” (uso de competências técnicas na solução de problemas sociais), o projeto propõe o reaproveitamento de até 1 bilhão de litros de água, que normalmente seriam descartados no período de um ano em uma instalação contendo quatro destiladores de 3.500W, funcionando por cerca de 52 horas por semana.

Assista ao vídeo onde o aluno e seu orientador dão detalhes sobre o trabalho.

 

 

Bicampeões

Lindomar Cailton EEL/USP

Os professores Joana D’Arc Félix de Sousa e Ângelo Capri Neto foram contemplados pela segunda vez com o Prêmio CRQ-IV. Joana orientou o trabalho ganhador, em 2014, na modalidade Química de Nível Médio. Capri Neto, também como orientador na modalidade Engenharia da Área da Química, venceu em 2012.

Obs.: Não publicamos foto do professor Classius Ferreira da Silva, orientador do trabalho vencedor na modalidade Química de Nível Superior, em razão de ele estar residindo temporariamente na França, onde cursa pós-doutorado na Université Claude Bernard Lyon 1.





Relação de Matérias                                                                 Edições Anteriores

 

Copyright CRQ4 - Conselho Regional de Química 4ª Região