Busca
Faça uma busca por todo
o conteúdo do site:
   
Home
Atualização Cadastral
Áreas de Atuação Profissional
Biblioteca
Bolsa de Empregos
Certidões
Comissões Técnicas
Concursos Públicos (CRQ-IV)
Consulta de Registros
Cursos e Palestras
Dia do Profissional da Química
Downloads
Eventos
Espaços para Eventos
Fale Conosco
Fiscalização
Formulários
Game
Informativos
Juramento
Jurisprudência
Legislação
Licitações
Linha do Tempo
Links
Localização
Noticiário
Perfil
Planos de Saúde
Prêmios
Publicações
QuímicaViva
Regimento Interno
Selo de Qualidade
Sorteios
Transparência Pública
Siga-nos no Twitter   Conheça nosso Facebook   Nosso canal YouTube
 
Resolução Normativa Nº 178 DE 25/01/2002 - Conselho Regional de Química - IV Região

Resolução Normativa Nº 178 DE 25/01/2002 

 


Dispõe sobre o pedido de cancelamento de registro do profissional da área química, junto ao Conselho Regional da jurisdição em que se encontre inscrito, e dá outras providências.


O Conselho Federal de Química, no uso de suas atribuições que lhe confere a alínea f, do art. 8º, da Lei nº. 2.800, de 18 de junho de 1956:

Considerando o disposto no artigo 15 da Lei nº 2.800/56, quanto à competência dos Conselhos Regionais de Química no tocante ao registro, à fiscalização e à imposição de penalidades;

Considerando a obrigatoriedade do cumprimento de regras, para a efetivação do registro de profissional da área da química, dispostas na Lei nº 2.800/56, especialmente nos artigos 20 a 25 do referido Diploma Legal, bem como a indispensabilidade de normatização específica para o cancelamento do registro pelo profissional interessado;

Considerando a necessidade de uniformização dos procedimentos administrativos e exigências para que todos os Conselhos Regionais defiram e executem o cancelamento do registro dos profissionais da área da química, resolve:

Art. 1º - As solicitações de cancelamento de registro em CRQs por parte de profissionais vinculados à área da Química, deverão ser acompanhadas da seguinte documentação:

a) Declaração do profissional de que não atua em nenhum ramo da química, quer na qualidade de empregado ou autônomo (prestador de serviços);

b) Cópia de inteiro teor da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), desde a página de identificação até os contratos, em seqüência numérica das páginas, mesmo aquelas em branco;

c) No caso do profissional exercer atividade no Serviço Público, apresentação de documento comprobatório fornecido pela entidade correspondente;

d) No caso de sócio-proprietário, será exigida a apresentação de profissional da química que lhe substitua em suas funções como tal;

e) No caso de profissional autônomo, comprovação de baixa de suas atividades, como profissional da Química, na Prefeitura da(s) cidade(s) em que as exerça.

§ 1º - Na hipótese de extravio da Carteira Profissional de Químico e/ou da Cédula de Identidade, o profissional deverá apresentar o Boletim de Ocorrência Policial e declaração comprometendo-se a proceder, de imediato, a devolução dos referidos documentos, na hipótese de sua localização.

§ 2º - O não cumprimento do compromisso disposto no parágrafo anterior caracterizará a má fé do profissional.

Art. 2º - Para solicitar o cancelamento do seu registro, o Profissional da Química deverá estar quite com o CRQ e não estar respondendo a processo ético profissional.

Art. 3º - Recebida a documentação, o CRQ abrirá processo administrativo que deverá ser distribuído para o Conselheiro Relator, e apreciado pelo Plenário.

§ 1º - Caso deferido o cancelamento, o profissional será cientificado e o processo administrativo arquivado.

§ 2º - O cadastro de registro do profissional atendido com o cancelamento será mantido pelo CRQ para eventual reativação.

§ 3º - Caso o profissional volte a exercer atividades profissionais na área da Química, sem que tenha promovido a reativação do seu registro nos termos do parágrafo anterior, assumirá automaticamente todas as penas pecuniárias previstas nos termos da Resolução Normativa nº 169/00, desde a data do cancelamento.

§ 4º - Da decisão do CRQ não cabe pedido de reconsideração, cabendo porém recurso ao CFQ.

Art. 4º - Não havendo o atendimento pelo profissional das exigências contidas nesta Resolução, o cancelamento não será concedido.

Art. 5º - O não pagamento dos débitos previstos nesta Resolução implicará em sua inscrição em Dívida Ativa e cobrança judicial, pela via da execução fiscal.

Art. 6º - A presente Resolução Normativa entrará em vigor na data da sua publicação no Diário Oficial da União, revogando-se os dispositivos em contrário.

Brasília, 25 de janeiro de 2002.
Jesus Miguel Tajra Adad - Presidente do CFQ
Newton Deléo de Barros - Secretário
Publicada no DOU de 29/01/2002.
 

Copyright CRQ4 - Conselho Regional de Química 4ª Região