Busca
Faça uma busca por todo
o conteúdo do site:
   
Home
AIQ-2011
Atualização Cadastral
Áreas de Atuação Profissional
Biblioteca
Bolsa de Empregos
Certidões
Comissões Técnicas
Concursos Públicos (CRQ-IV)
Consulta de Registros
Cursos e Palestras
Dia do Profissional da Química
Downloads
Eventos
Espaços para Eventos
Fale Conosco
Fiscalização
Formulários
Game
Informativos
Juramento
Jurisprudência
Legislação
Licitações
Linha do Tempo
Links
Localização
Minicursos
Noticiário
Perfil
Planos de Saúde
Prêmios
Publicações
QuímicaViva
Regimento Interno
Selo de Qualidade
Sorteios
Transparência Pública
Siga-nos no Twitter   Conheça nosso Facebook   Nosso canal YouTube
 



Matéria Anterior   Próxima Matéria

Conselho define suas ações para o Ano Internacional da Química


Entidade contrata agência de publicidade e começa preparativos para palestras
 
A Contexto Propaganda será a agência encarregada de desenvolver a campanha que o Conselho fará em comemoração ao Ano Internacional da Química (AIQ). Contratada por meio de licitação pública encerrada em março, a empresa existe desde 1978 e tem entre seus clientes o Governo do Estado de São Paulo e o Banco do Brasil. O Conselho também definiu, no mês passado, a grade de encontros que fará com professores para prepará-los para as 1.500 palestras que pretende promover em todo o Estado ao longo deste ano para estudantes dos níveis fundamental e médio.

A campanha publicitária deverá começar em maio e se estender até o fim do ano. A proposta será mostrar ao público em geral os benefícios proporcionados pela química ao longo da história. A maioria das pessoas não faz a ligação entre a química e os bens e serviços com que lidamos no dia a dia. Por exemplo, poucos têm noção que a qualidade dos alimentos (industrializados  ou não), as cores da roupas, a potabilidade da água, o medicamento que cura ou alivia a dor, o vidro que veda, protege e/ou embeleza os imóveis, o aço com que são feitos os veículos, os produtos de limpeza, os cosméticos os celulares, os computadores ou até mesmo o papel usado na impressão de livros, jornais, entre outros itens, são resultados da tecnologia química. O desafio da campanha, portanto, será mostrar essa relação e contribuir para afastar o velho conceito de que tudo o que tem química não presta e é nocivo.
 
No mês de junho, quando se comemora o Dia do Profissional da Química (a data oficial é 18 daquele mês), a campanha exaltará a importância – no cotidiano da sociedade – daqueles que abraçaram a química como profissão. Quase todo mundo já teve contato com um médico, um advogado, um encanador ou eletricista e sabem o que eles fazem. Muita gente, porém, só consegue contextualizar um Profissional da Química dentro de um laboratório e fazendo coisas que são um completo mistério. O objetivo será mostrar que esses profissionais, mesmo sem aparecer, possuem uma relação com o cotidiano das pessoas maior do que se possa imaginar.

Inicialmente, a campanha será composta por anúncios a serem exibidos no Metrô de São Paulo e em estradas que dão acesso às cidades do Interior onde o Conselho mantém escritórios. Estudos a serem feitos no decorrer do projeto, contudo, poderão reforçar a utilização dessas mídias ou recomendar a adoção de outras que possam ampliar ou proporcionar resultados superiores aos que se pretende alcançar.
 
Palestras – Outra frente dos trabalhos que o CRQ-IV abrirá este ano para celebrar o AIQ terá como foco os estudantes dos níveis fundamental e médio. Com uma linguagem especialmente desenvolvida para estes públicos, a meta será apresentar, a partir de junho, 1.500 palestras para alunos de escolas públicas e particulares. Além de utilizar conceitos que mostrarão a relação direta entre a química e o cotidiano, buscando assim desmistificar e despertar o interesse pela ciência, as palestras também falarão sobre os vários mercados de trabalho em que os químicos  podem atuar.

O conteúdo das palestras está sendo desenvolvido pelo CRQ-IV em conjunto com o professor Guilherme Marson, do Instituto de Química da USP e editor de conteúdo do site Química Nova Interativa, da Sociedade Brasileira de Química, entidade que coordena as ações do AIQ no Brasil. Durante as palestras, os estudantes receberão alguns materiais destinados a fixar os conteúdos. Entre eles, gibis, folderes e, possivelmente, um jogo eletrônico. Caberá à agência Contexto Propaganda desenvolver esses “produtos” com base em briefing definido pela equipe responsável pelo projeto.

As palestras ocorrerão a partir de junho, mas seus preparativos já começaram. Em março, o Conselho enviou ofícios a todas as escolas técnicas e faculdades paulistas que oferecem cursos de formação em química convidandoas a participar do projeto. A ideia é que elas destaquem seus professores para ministrarem as palestras nas regiões em que estão instaladas.
 
Para tanto, eles terão de fazer primeiro um treinamento destinado a uniformizar a linguagem que será utilizada e entenderem os conceitos que serão trabalhados. Num total de 12, esses treinamentos estão marcados para o período de 15 de abril a 19 de maio na capital e em onze cidades do interior paulista. A programação está disponível no site do Conselho.
 

 
Secretaria apoia iniciativa
 
A Secretaria de Educação de São Paulo anunciou que apoiará a realização das palestras que o Conselho fará este ano como parte de suas ações para comemorar o Ano Internacional da Química. O apoio se deu depois de reunião em que representantes dos CRQIV, Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim) e Instituto de Química da USP tiveram no começo de março com Teresa Malatian e João Santos, da Coordenadoria de Estudos e Normas Pedagógicas (Cenp), orgão da secretaria que tem entre as suas atribuições o desenvolvimento de estudos e pesquisas voltados ao estabelecimento de diretrizes e normas pedagógicas para a rede estadual de ensino.

O apoio se traduz em comunicados que o Cenp enviará às 91 Diretorias de Ensino espalhadas pelo Estado para informar sobre o projeto que o Conselho vai desenvolver e instruindo as escolas a facilitarem o acesso dos palestrantes. O Cenp também se ofereceu para, se necessário, enviar para as instituições públicas materiais produzidos pelo Conselho e que venham a ser utilizados nas palestras.

“O apoio do Cenp é fundamental para o sucesso do projeto”, disse o Engenheiro Manlio de Augustinis, presidente do CRQ-IV. Ao lado dele, participaram da reunião Wagner Contrera Lopes e Andrea Mariano, ambos do CRQ-IV, Luiz Carlos de Medeiros, gerente de comunicação da Abiquim, Guilherme Marson, professor do Instituto de Química da USP e representante da Sociedade Brasileira de Química, e Lupércio Zerbinatti, assessor do Deputado Estadual João Caramez.
 

 
AIQ é lançado no Brasil

O Ano Internacional da Química (AIQ) foi oficialmente lançado no Brasil durante cerimônia ocorrida dia 23 de março, no Rio de Janeiro. Cesar Zucco, presidente da Sociedade Brasileira de Química – entidade que coordena o AIQ no Brasil – lembrou que os objetivos das ações a serem desenvolvidas é chamar a atenção para a importância da química para o bem-estar de todos e aumentar o interesse dos jovens por essa ciência. O evento teve a participação de representantes de entidades científicas, acadêmicas, CRQs, empresas e governo federal.
 

Clique aqui para acessar o conteúdo publicado sobre o AIQ.




Relação de Matérias                                                                 Edições Anteriores

 

Copyright CRQ4 - Conselho Regional de Química 4ª Região