Busca
Faça uma busca por todo
o conteúdo do site:
   
Home
AIQ-2011
Atualização Cadastral
Áreas de Atuação Profissional
Biblioteca
Bolsa de Empregos
Certidões
Comissões Técnicas
Concursos Públicos (CRQ-IV)
Consulta de Registros
Cursos e Palestras
Dia do Profissional da Química
Downloads
Eventos
Espaços para Eventos
Fale Conosco
Fiscalização
Formulários
Game
Informativos
Juramento
Jurisprudência
Legislação
Licitações
Linha do Tempo
Links
Localização
Minicursos
Noticiário
Perfil
Planos de Saúde
Prêmios
Publicações
QuímicaViva
Regimento Interno
Selo de Qualidade
Sorteios
Transparência Pública
Siga-nos no Twitter   Conheça nosso Facebook   Nosso canal YouTube
 



Matéria Anterior   Próxima Matéria

Comissão elabora sugestão de currículo para cursos técnicos


A Comissão de Ensino Técnico do CRQ-IV concluiu, em março, a elaboração de uma proposta de currículo destinado às escolas que oferecem cursos para formação de Técnicos Químicos (clique aqui para obter uma cópia). Formulado com base em aspectos como os avanços tecnológicos da indústria e  a necessidade de formação de mão de obra capacitada a atender as demandas do mercado, o trabalho  objetiva principalmente apoiar as escolas na elaboração ou atualização dos currículos dos cursos, em complemento às diretrizes estabelecidas pelo Ministério da Educação.

O currículo proposto é de 1.200 horas/aula. Seu diferencial é que essa carga horária está concentrada exclusivamente em disciplinas da área química, cujo domínio é essencial ao futuro técnico. Do total do curso, a proposta defende que 60% sejam destinados ao aprendizado teórico e 40% para aulas práticas.

A proposta curricular está dividida em sete temas: Fundamentos da  química; Laboratório; Análises químicas, físico-químicas e microbiológicas; Química orgânica; Operações unitárias; Processos industriais; e Segurança, saúde e ambiente. Para cada uma delas são indicados os principais tópicos a serem estudados. Em Fundamentos da química, por exemplo, são elencados tópicos como matéria, atomística, metais alcalinos e seus compostos, funções inorgânicas, leis ponderais e volumétricas, gases, estequiometria, termodinâmica etc. Cada um desses assuntos é detalhado em subitens para facilitar o entendimento da proposta e a sua implantação no currículo do curso.

A adoção da proposta não é obrigatória até porque, segundo seus autores, o trabalho não tem a pretensão de interferir no plano de curso e projeto pedagógico da instituição de ensino. A ideia é fornecer um instrumental para que a escola possa fazer um comparativo com seu currículo e, se assim entender necessário, promover alterações com vistas ao aprimoramento da formação de seus alunos.

Ao mesmo tempo, o trabalho da Comissão de Ensino Técnico passa a ser um referencial para escolas que procuram o Conselho em busca de orientação sobre a montagem de novos cursos de nível médio.

A proposta foi em boa parte elaborada pelos mesmos profissionais que conceberam o programa Selo de Qualidade. Com esta publicação, a escola que desejar obter a certificação de seu curso Técnico em Química com o Selo deverá ter, entre os itens analisados, a utilização ou adequação do seu currículo ao proposto pela Comissão.





Relação de Matérias                                                                 Edições Anteriores

 

Copyright CRQ4 - Conselho Regional de Química 4ª Região