Busca
Faça uma busca por todo
o conteúdo do site:
   
Home
AIQ-2011
Atualização Cadastral
Áreas de Atuação Profissional
Biblioteca
Bolsa de Empregos
Certidões
Comissões Técnicas
Concursos Públicos (CRQ-IV)
Consulta de Registros
Cursos e Palestras
Dia do Profissional da Química
Downloads
Eventos
Espaços para Eventos
Fale Conosco
Fiscalização
Formulários
Game
Informativos
Juramento
Jurisprudência
Legislação
Licitações
Linha do Tempo
Links
Localização
Minicursos
Noticiário
Perfil
Planos de Saúde
Prêmios
Publicações
QuímicaViva
Regimento Interno
Selo de Qualidade
Sorteios
Transparência Pública
Siga-nos no Twitter   Conheça nosso Facebook   Nosso canal YouTube
 



Matéria Anterior   Relação de Matérias

Cotidiano: como funciona o air bag
Autor: por Elisabete Rosa


O ensino de Ciências e Tecnologias vem avançando na educação brasileira e o air bag é um assunto interessante que, por fazer parte de seu cotidiano, desperta a atenção do aluno e permite que o experimento seja reproduzido no laboratório de química escolar. Utilizando essa tecnologia podemos explorar conceitos de química, física e meio ambiente, atualizando e preparando o aluno para ser o profissional do futuro.
 
O air bag é um dispositivo destinado a proteger motoristas e passageiros em caso de colisão. Trata-se de um módulo que se localiza no ponto central do volante de direção, quando está do lado do motorista e, no painel logo acima do porta-luvas, quando trata-se do módulo do passageiro.
 
Para haver um perfeito funcionamento, o sistema envolve mecanismo como: sensores localizados na parte frontal do veículo e que têm por função detectar a rápida desaceleração do automóvel; um módulo de controle eletrônico que, através de uma luz indicadora no painel, emite alerta sobre falhas em seu funcionamento; uma câmara de metal onde há substâncias químicas que reagem entre si quando recebem um impulso elétrico; uma bolsa plástica que fica acondicionada dentro do volante.
 
Assim que os sensores enviam a mensagem de brusca desaceleração, uma faísca é lançada na câmara metálica e estes produtos reagem formando sólidos e o gás nitrogênio. Apenas o gás atravessa os filtros da câmara metálica, enchendo a bolsa. O processo de enchimento do air bag rompe uma tampa localizada no centro do volante. Toda esta operação, desde a colisão até o término do enchimento da bolsa, dura apenas entre um e três milésimos de segundo. O air bag possui uma abertura no seu interior que permite o escapamento do gás de forma natural ou até mesmo com o peso exercido pelo corpo do motorista.

Equação química do processo
6NaN3 (s) + Fe 2 O 3 (s) ® 3Na 2 O (s) +2Fe (s) + 9N 2(g)









A autora é responsável pelo laboratório de química do Colégio Bandeirantes. Contatos podem ser feitos pelo telefone (0xx11) 5087-3556 ou pelo e-mail erosa@colband.com.br









 





Relação de Matérias                                                                 Edições Anteriores

 

Copyright CRQ4 - Conselho Regional de Química 4ª Região