Busca
Faça uma busca por todo
o conteúdo do site:
   
Home
Atualização Cadastral
Áreas de Atuação Profissional
Biblioteca
Bolsa de Empregos
Certidões
Comissões Técnicas
Concursos Públicos (CRQ-IV)
Consulta de Registros
Cursos e Palestras
Dia do Profissional da Química
Downloads
Eventos
Espaços para Eventos
Fale Conosco
Fiscalização
Formulários
Game
Informativos
Juramento
Jurisprudência
Legislação
Licitações
Linha do Tempo
Links
Localização
Noticiário
Perfil
Planos de Saúde
Prêmios
Publicações
QuímicaViva
Regimento Interno
Selo de Qualidade
Sorteios
Transparência Pública
Siga-nos no Twitter   Conheça nosso Facebook   Nosso canal YouTube
 



Matéria Anterior   Próxima Matéria

Gerson Almada é o vencedor do Fritz Feigl


O Engenheiro Industrial – Modalidade Química Gerson de Mello Almada, ex-presidente da Associação Brasileira de Engenharia Química (1998-2000), é o ganhador do Prêmio Fritz Feigl 2006, promovido pelo CRQ-IV. Ele disputou o prêmio de R$ 40.000,00 livres de impostos com outros doze participantes do concurso, que neste ano foi destinado a profissionais da indústria. Foi o maior número de inscrições desde que o prêmio foi lançado.

Almada graduou-se em 1973 no curso de Engenharia Química da Universidade Mackenzie. No ano seguinte, ingressou na Snamprojetos Engenharia e passou dois anos aperfeiçoando-se na unidade da empresa na Itália. Permaneceu na companhia até 1985 e, durante esses 12 anos, participou de vários trabalhos, alguns deles ligados à indústria petrolífera. Desenvolveu uma série de projetos para a Petrobras, entre eles: recolocação do sistema de tochas e interligação com o sistema de blow-down da Refinaria Duque de Caxias – Reduc; unidade de desoleificação de parafinas; plataforma de Pampo da Refinaria de Campos; estudo de viabilidade do Gasoduto Brasil-Bolívia. Participou ainda de estudos de racionalização da utilização de energia de indústrias como a Ultrafertil e a White Martins.

Em 1985, ingressou como superintendente de engenharia industrial da Engevix Engenharia. Doze anos depois, tornou-se sócio e vice-presidente da empresa. Nessa companhia, que tem atuação internacional, Almada continuou desenvolvendo projetos relativos à exploração de petróleo, mas também se dedicou a outras áreas. Participou dos projetos de revisão e complementação das Estações Transformadoras de Transmissão Nordeste, Sul e Oeste de São Paulo e da região do ABC, para a Eletropaulo; do gerenciamento do projeto hidráulico e de ar condicionado do metrô de Bagdá, no Iraque; e do detalhamento de redes de distribuição de gás na capital paulista, entre outros.

Na área acadêmica, Almada foi professor da Escola de Engenharia da Universidade Mackenzie, de 1977 a 1995 e chefe do Departamento de Química Aplicada da mesma instituição, de 1987 a 1995. Também atuou como docente em cursos pós-universitários e de graduação da Escola de Engenharia Mauá, além da Faculdade de Tecnologia de São Paulo (Fatec).

O vencedor do Prêmio Fritz Feigl deste ano tem 12 trabalhos técnicos publicados, com temas que vão do processo integrado de amônia-uréia à necessidade de regulamentação da energia elétrica, passando pelo abastecimento de gás natural. Foi membro da coordenação da comissão executiva do 8º Congresso Brasileiro de Engenharia Química (Cobeq), realizado em 1988, e presidiu a edição seguinte do evento, que aconteceu em 1992. Também foi o presidente do I Encontro Brasileiro sobre Tecnologia na Indústria Química (Enbteq).

Almada integrou o conselho do Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva (Sinaenco) e é membro a diretoria da Associação Brasileira de Engenharia e Montagem Industrial (Abemi). Nesta última, também faz parte do grupo de trabalho que, em conjunto com o Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), analisa projetos contendo pedidos de averbação. É membro, ainda, da Comissão de Engenharia do Instituto Brasileiro de Petróleo.

O Engenheiro Químico Gerson de Mello Almada, que tem 55 anos, receberá o Prêmio Fritz Feigl em 24 de junho, durante a cerimônia que comemorará o Dia do Profissional da Química e os 50 anos da Lei 2.800/56, que criou o Sistema CFQ/CRQs.

Promovido anualmente pelo CRQ-IV, o Prêmio Fritz Feigl é um dos mais importantes da área química. Recebe este nome em homenagem a um dos químicos analíticos de maior destaque no século XX, criador da conhecida técnica de análise de toque. Embora tenha nascido na Áustria, Feigl imigrou para o Brasil durante a Segunda Guerra Mundial e aqui desenvolveu grande parte de suas pesquisas.

 
Definidos os ganhadores do Prêmio CRQ-IV

O Prêmio CRQ-IV deste ano recebeu 30 inscrições, o maior número desde que foi criado. Os autores de cada um dos quatro trabalhos vencedores receberão R$ 6.400,00 livres de impostos, enquanto que seus orientadores levarão R$ 3.200,00. Os prêmios serão entregues dia 24 de junho, na cerimônia em comemoração ao Dia do Profissional da Química e ao Cinqüentenário da Lei 2.800/56, que criou o Sistema CFQ/CRQs. No mesmo evento, como tradicionalmente ocorre, será entregue o Prêmio Fritz Feigl. Também serão homenageados os profissionais com registros mais antigos no Conselho. Confira abaixo os estudantes vencedores.

 
Engenharia da área química Química de nível superior

Trabalho: Palha de cana-de-açúcar – tratamento biológico, polpação química, biobranqueamento das polpas e obtenção de quelantes.
Autores: Luís Oliveira, Marcelo Saad e Simone Nakanishi
Orientador: Adilson R. Gonçalves
Instituição: Faculdade de Engenharia Química de Lorena
 
Trabalho: Proposição de uma nova estratégia para análise de formaldeído utilizando procedimento limpo
Autora: Fabrícia Gasparini
Orientadora: Helena R. Pezza
Instituição: Universidade Estadual Paulista (Unesp/Araraquara)

Química de nível superior com tecnologia Química de nível médio

Trabalho: Desenvolvimento e validação de metodologia analítica para doseamento de princípio ativo em Artemísia annua L.
Autora: Ilza M. de O. Sousa
Orientadora: Gláucia M. F. Pinto
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
 
 Trabalho: Utilização de resíduo de lâmpada fluorescente para obtenção de engobes para revestimento monoporoso
Autores: Camila M. Pereira, Carolina S. Azeredo, Silvia E. Fajan, Valdir Farias
Orientador: Newton Haruo Saito
Instituição: Senai Mario Amato
 




Relação de Matérias                                                                 Edições Anteriores

 

Copyright CRQ4 - Conselho Regional de Química 4ª Região