Busca
Faça uma busca por todo
o conteúdo do site:
   
Home
AIQ-2011
Atualização Cadastral
Áreas de Atuação Profissional
Biblioteca
Bolsa de Empregos
Certidões
Comissões Técnicas
Concursos Públicos (CRQ-IV)
Consulta de Registros
Cursos e Palestras
Dia do Profissional da Química
Downloads
Eventos
Espaços para Eventos
Fale Conosco
Fiscalização
Formulários
Game
Informativos
Juramento
Jurisprudência
Legislação
Licitações
Linha do Tempo
Links
Localização
Minicursos
Noticiário
Perfil
Planos de Saúde
Prêmios
Publicações
QuímicaViva
Regimento Interno
Selo de Qualidade
Sorteios
Transparência Pública
Siga-nos no Twitter   Conheça nosso Facebook   Nosso canal YouTube
 



Matéria Anterior   Próxima Matéria

Curso Superior do Senai obtém primeiro Selo de Qualidade


Instituição também foi a primeira a conquistar o Selo para cursos técnicos

Lançado em setembro de 2013, o Programa Selo de Qualidade CRQ-IV para cursos de Nível Superior da área química foi conferido pela primeira vez em dezembro de 2016. O curso de Tecnologia em Alimentos do Senai Horácio Augusto da Silveira, localizado na região da Barra Funda, zona oeste da Capital, teve a certificação aprovada após um processo conduzido pela Comissão de Ensino Superior do Conselho.

A professora Sílvia Helena Carabolante ocupou o cargo de diretora da instituição durante o processo de obtenção do Selo (função da qual se desligou em janeiro deste ano). Segundo ela, submeter-se a uma avaliação como a do CRQ-IV é importante para atestar se o curso cumpre os seus objetivos, mantendo uma estrutura que proporcione a formação de profissionais alinhados às necessidades do mercado de trabalho.

Um fator decisivo para que a escola tomasse a iniciativa de buscar o Selo foi a experiência da própria Sílvia, que em 2009 era diretora do Senai Mario Amato, de São Bernardo do Campo, responsável pelos dois primeiros cursos certificados pelo programa voltado para cursos de Nível Médio. Os cursos Técnico em Química e Técnico em Plásticos daquela unidade já passaram por recertificações e permanecem com o Selo até hoje.

CRQ-IV

Sílvia: avaliação atesta se o curso cumpre objetivos

“A Faculdade sabe da importância e do reconhecimento que o CRQ-IV possui perante as indústrias da área química, incluindo as de alimentos. Ser a primeira instituição a ter o Selo de Qualidade no Nível Superior demonstra o pioneirismo do Senai, que espera poder compartilhar esse reconhecimento, visando abrir mais oportunidades a estagiários e profissionais formados”, disse Sílvia. O planejamento de comunicação em torno do Selo inclui, ainda, materiais impressos (como folders) e peças publicitárias alusivas ao processo seletivo para ingresso na instituição.

O Senai Horácio Augusto da Silveira planeja promover em sua sede uma cerimônia para a realização da entrega da placa que simboliza a certificação, em data ainda a ser agendada.

Avaliação – A Comissão de Ensino Superior do CRQ-IV indicou três de seus integrantes para conduzir o processo de análise da documentação do curso do Senai: os professores Celia Maria Alem de Oliveira, Ricardo Crepaldi e Simone Garcia de Ávila.

De acordo com Simone, o processo de auditoria foi realizado segundo parâmetros estabelecidos pela Comissão. Eles abrangem quesitos como a organização didático-pedagógica da escola, o que envolve a atuação do coordenador do curso, assim como sua titulação e formação, carga horária, experiência, articulação da gestão e também a implementação de políticas institucionais.

Além destes, foram considerados ainda aspectos como: projeto pedagógico do curso; perfil dos formados; coerência curricular; estratégias de ensino; perfil do corpo docente em relação à formação, titulação e regime de trabalho; e instalações físicas da instituição (biblioteca, laboratórios, uso de equipamentos de segurança etc.).

“O Selo é uma maneira de mostrar que a qualidade do curso está acima das expectativas, contribuindo cada vez mais para uma formação profissional de qualidade e que atenda às necessidades do mercado”, concluiu a professora Simone Ávila.

Segundo Celia Alem de Oliveira, além de ter atendido a todos os requisitos necessários, o Senai Horácio Augusto da Silveira também se destacou pelo comprometimento da direção, dos docentes e funcionários com a qualidade da estrutura e do ensino oferecidos aos estudantes. “Esperamos que outras instituições sigam o exemplo e busquem o Selo como forma de reconhecimento do trabalho que desenvolvem”, ressaltou.

A primeira fase do processo envolveu a análise de aproximadamente 800 páginas de documentos enviados pela instituição, onde foram marcados pontos a serem esclarecidos nas visitas técnicas realizadas nos três períodos de aulas pela Comissão de Ensino Superior. “Todas as solicitações foram atendidas rapidamente, o que demonstrou um nível singular de organização”, elogiou Ricardo Crepaldi. Ele também chamou a atenção para a quantidade e a qualidade dos laboratórios utilizados nas disciplinas do curso.

Crepaldi disse que outras instituições já manifestaram interesse pela certificação, sugerindo que o programa terá mais adesões em breve. “É uma questão de tempo para que outras faculdades se preparem para alcançar o diferencial do Selo de Qualidade e, assim, estar em um patamar inovador e acima da média do mercado universitário brasileiro”, previu.

Programa pode fortalecer estratégia de marketing

Freepik

A participação das instituições no Programa Selo de Qualidade é voluntária. Entretanto, as escolas que abraçarem a iniciativa demonstrarão ao público sua preocupação com a qualidade de seus cursos. E as que alcançarem a certificação conquistarão um diferencial competitivo, passando a ser referência tanto para estudantes quanto para empregadores. Trata-se, portanto, de uma ferramenta de marketing que, se bem aplicada, possui potencial para gerar um retorno expressivo para a escola.

Além de merecerem reportagens especiais no Informativo CRQ-IV, os cursos certificados ganham destaque no site do Conselho por meio de uma galeria. As instituições recebem também uma placa referente à conquista e podem usar o logotipo do programa em suas peças publicitárias.

Podem pleitear o Selo de Qualidade as instituições paulistas cadastradas no CRQ-IV que ofereçam cursos de Nível Superior da área Química, exceto os de Licenciatura. Por necessitarem de indicadores diferenciados, a certificação para esses cursos será lançada oportunamente.

Elaborada pela Comissão de Ensino Superior do Conselho, a iniciativa se destina a estimular as escolas a promover atualizações metodológicas e tecnológicas de seus cursos, reavaliar continuamente suas estratégias, adequar suas instalações e buscar parcerias com vistas ao aprimoramento dos futuros profissionais.

O programa avalia aspectos como gestão dos cursos, infraestrutura, qualificação do corpo docente, projeto pedagógico, relações institucionais e com a comunidade. Também são consideradas avaliações de alunos, ex-alunos e de empresas nas quais atuam profissionais formados pelo curso.

A certificação tem validade de três anos e a solicitação para a recertificação deverá seguir os critérios estipulados pelo regulamento do programa, respeitando o prazo máximo de três meses antes do vencimento. Clique aqui para obter mais informações sobre o programa.

.





Relação de Matérias                                                                 Edições Anteriores

 

Copyright CRQ4 - Conselho Regional de Química 4ª Região